Exposição “AUSÊNCIA”, em cartaz

2 de março a 29 de junho | Entrada gratuita 

Mostra reúne obras de Juliana Notari, Marcos Gadaian, Paulo O’Meira e Rafael Calixto

Projeto trata da relação do ser urbano com o espaço e instiga o desejo de flanar pela cidade

 

 

Localizado na Vila Madalena, o Espaço Art’er abre a temporada 2013 com a mostra “Ausência”, no dia 2 de março, sábado, a partir das 14h. Coordenada por Anna Mega, diretora do Art’er, a nova série da galeria reúne obras de Juliana Notari, Marcos Gadaian, Paulo O’Meira e Rafael Calixto.

 

Fotos, painéis, graffitis, espetáculos e outras linguagens tratam da relação sensível e instável do ser urbano com o espaço. Por meio dos trabalhos apresentados, o público pode flanar pela cidade para observar as clausuras de um cotidiano maçante e principalmente perceber como a arte pode recuperar distâncias.

 

Para propor ao espectador uma vivência mais intensa e criativa com a urbe, a mostra ainda apresenta personagens e cenários elaborados com materiais descartados pela empresa de cenografia Coletivo Móbile. “Como os artistas, cada indivíduo pode usar o material descartado pela cidade como suporte para uma melhor interação com o espaço e com o próximo, seguindo o conceito de transformação”, afirma Anna Mega.

 

A abertura da mostra também vai contar com uma apresentação de live painting de O’Meira. Durante o evento, o artista realizará a pintura de personagens da série Cabeça em Trânsito.

 

 

Imagens

nivo slider image nivo slider image nivo slider image nivo slider image nivo slider image nivo slider image nivo slider image

Paulo O’Meira

 

Paulo O’Meira trabalha com design, ilustração e graffiti. Com um olhar voltado ao contexto urbano, o artista gráfico utiliza a cidade como tema em suas obras. Para ele, a cidade pertence a todos, por isso procura integrar arte e ambiente para promover mudanças positivas.

 

 

Juliana Notari

 

Artista marionetista, Juliana Notari é pesquisadora nas artes das marionetes. Na França, passou um período de 4 anos para se aprofundar nas técnicas de construção e manipulação de bonecos. Realizou grandes turnês em diversos países como Argentina, Bolívia, Espanha, França, Itália, Suíça, Coréia, República Tcheca, entre outros. Em 2009, ganhou prêmio de melhor experimentação nas Artes das Marionetes, no World Puppet Festival, em Praga.

 

 

Marcos Gadaian

 

Fotógrafo, compositor, poeta e aventureiro por natureza, Marcos Gadaian desenvolveu sua fotografia ao redor do mundo em diversas expedições. Adepto do “trekking urbano”, Gadaian pratica a modalidade para observar o espaço e os indivíduos. Formado em Cinema, trabalha também com pós-produção.

 

 

Rafael Calixto

 

Para elaborar suas obras, Rafael utiliza suportes encontrados nas ruas da cidade, como portas, monitores de computador, janelas e pedaços de madeira. Inspirado pelas pessoas do seu cotidiano, o artista cria personagens com diversos materiais como tinta látex, spray, caneta posca e tinta acrílica.

 

Marcos Gadaian

Flâneur, andarilho, voyeur, passante, cidadão. Somos seres sozinhos no meio da multidão das ruas. Estamos enxergando o que vemos, ouvindo o que escutamos, percendo o que sentimos neste caleidoscópio de experiências cotidianas.

Caminhamos pela cidade, vivemos a cidade, ensimesmados em nossos módulos herméticos. Carros, apartamentos, baias e garagens. A cidade é clausura, vácuo e vazio, com suas bolhas, redomas, guetos e quadrados. Mas ainda assim ela nos comove e nos move, ansiosa e com pressa, monstro sempre a provocar e a nos envolver em seus tentáculos de eletricidade e informações.

Já não sabemos viver sem suas luzes ofuscantes e seus barulhos entorpecentes, precisamos de mascaras, bengalas, documentos e uma infinidade de ferramentas e indumentárias para participar desse sistema nervoso que é a metrópole.

O artista busca ar, precisa respirar, a arte recupera as distancias e diminui o isolamento que a dormência da modernidade ruidosa e veloz desconstruiu.

Nesta exposição, os artistas Juliana Notari, Marcos Gadaian, Paulo Omeira e Rafael Calixto pensaram o espaço urbano a partir do que justamente é corporeidade, do que move, do que seduz, do que falta, do que relaciona.

Buscando a humanidade que nos é devorada pouco a pouco, nossos silêncios e barulhos mais intrínsecos, nossa relação intima com os objetos e materiais, criamos novos modos de ver, novas possibilidades de expressão e comunicação, novas afetividades.

Observadores atentos e sensíveis, os artistas aqui reunidos alimentam-se das incongruências e maravilhas da urbe para nos propor outras dimensões do olhar.

Usando linguagens diversas e sua convergências, tem como matéria prima descartes de cenografias utilizadas pelo Coletivo Móbile em trabalhos publicitários misturados com suas técnicas e suas próprias ferramentas.

Vemos personagens pintados, encaixotados e tridimensionais em diferentes suportes, situações e cores. O reuso de matéria-prima trás em si mesmo histórias, geografias e relações tão contundentes para tempos de descarte instantâneo de tudo.

 

Espaço Art’er

 

Instalado na Vila Madalena, o Espaço Art’er – Galeria de Artistas apresenta obras de novos talentos e de artistas conhecidos. Por sua identidade sustentável, o Art’er prioriza projetos que dialogam com a ideia de transformação. Para “explorar” o conceito de reúso de materiais, o local também conta com um espaço para eventos e uma loja de design.

 

 

 

SERVIÇO

 

Mostra Ausência

 

Com Juliana Notari, Marcos Gadaian, Paulo O’ Meira e Rafael Calixto

Curadoria: Anna Mega

Curadora Colaborativa: Anike Laurita

Assessora de Imprensa: Raquel Carvajal

Designer Gráfico: Mateus Dal Vesco

Realização: Espaço Art’er e Coletivo Móbile

 

Visitação: até 29 de junho | Entrada gratuita

De terça a sábado: das 10h às 19h

Recomendação: livre

 

 

Local: Espaço Art’er

Endereço: Rua Harmonia, 797 – Vila Madalena

Telefone: (11)  3926-2512 | Site: www.espacoarter.com.br

***Convênio com estacionamento na Rua Harmonia, 899

Ambiente preparado para receber pessoas portadoras de necessidades especiais.

 

Informações para a imprensa: Raquel Carvajal

Telefones: (11) 2574-6460 / 97594-6064

E-mail: [email protected]

Site: www.raquelcarvajal.com.br

 

Caso queira Compartilhar . :


    Uma resposta para “Exposição “AUSÊNCIA”, em cartaz”

    1. [...] Mostra “Ausência” – De 2 de março a 29 de junho de 2013 [...]

    Deixe uma resposta